PROJETO SILOÉ E PROJETO PONTE EM FLORIANÓPOLIS-SC

O trabalho abrange a grande Florianópolis, com cerca de 500 mil habitantes, sendo a capital com o melhor IDHM (847) do país. Os principais postos de trabalho encontram-se nas áreas de tecnologia, turismo e comércio. Mas a cidade lida com o crescimento populacional desordenado e suas consequências: aumento de violência e uso de drogas.

Capelania Missionário Gilson

O Projeto Siloé desenvolve um trabalho de missão urbana desde 1991, atuando  junto a pessoas em situação de rua, usuários de substancias psicoativas, alcoolistas, pacientes de HIV-AIDS e suas famílias, tanto em seu Centro de Atendimento quanto no hospital Nereu Ramos (referência em doenças infectocontagiosas), e também em ações de abordagem de rua e palestras de prevenção ao uso de drogas em escolas e empresas.

Projeto Ponte

É uma parceria entre o Projeto Siloé e o Presbitério Grande Florianópolis, no Rio Vermelho, maior (em extensão) e mais distante bairro da ilha, com cerca 14 mil moradores. O trabalho, ainda em fase inicial, une plantação de igreja e ação social, no combate e prevenção ao uso de drogas. 

As ações iniciais contam com o acompanhamento aos dependentes químicos em recuperação e aos seus familiares, grupo de apoio, capelania escolar e visitação domiciliar. O objetivo é que, com essas e outras ações, brote uma igreja voltada para a comunidade.  

Missionários
Gilson Antonio Batista, casado com Joseane Cardoso de S. Batista. Têm um casal de filhos: Ainoã e Natã.
Pedidos de Oração
• Pela saúde da família: a esposa convive com diagnóstico de mieloma múltiplo (tipo de câncer de medula) e a filha, com transtorno bipolar.
• Por proteção para a saúde dos membros da equipe que se expõem ao Covid-19 ao interagir com o público, composto por pessoas com vários tipos de carência.
• Por recurso financeiro para terminar a reforma no Espaço Ponte e por pessoas para compor a equipe que lá atuará.
• Por sabedoria para a condução do ministério tanto à frente do Projeto Siloé quanto do Projeto Ponte.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O ESTANDARTE