“Made in Brazil”

Uma das mais fortes razões para a organização da IPIB foi a chamada questão da evangelização indireta.
Proclamar o evangelho não significava defender a implantação de uma cultura estrangeira. Ao contrário, proclamar o evangelho era defender a cultura brasileira, permitindo que convertidos em nosso país continuassem a ser culturalmente brasileiros.

Ler mais
O ESTANDARTE