A CNA CONTINUA O SEU TRABALHO PELO YOUTUBE

Desde que a Covid – 19 chegou ao nosso país – já estamos no sexto mês – muita coisa mudou, inclusive a forma de nos relacionarmos. A Coordenadoria Nacional de Adultos (CNA) que vinha realizando encontros sinodais para capacitação de liderança está transformando as limitações em oportunidades.

Com a restrição da circulação, teve início no sábado, 27/6/2020, a série de lives “Dialogando com a CNA”.  Segundo a coordenadora nacional, Laodicéia Cazella, esta iniciativa, além de posicionar a coordenadoria neste tempo de pandemia, resolve com tecnologia e criatividade as imposições atuais. “Estivemos visitando algumas regiões e agora conversamos através da internet a cada 14 dias”, afirmou a coordenadora.

As transmissões têm uma média de 150 participantes ao vivo e passa de 600 visualizações posteriormente. O primeiro encontro contou com a participação do Quarteto Gileade com canções inspiradoras.

Essa proposta para líderes e adultos da IPIB tem como objetivo ser um diálogo mais afetuoso sobre variados temas. Para o tema “Vencendo a Ansiedade” foram convidados os Revs. Hamilton Santana Moreira e Ricardo Baracho que, além de pastores, são psicólogos.

Mesmo sendo um tema amplo, a ansiedade se tornou um sentimento inerente a períodos de crise. O Rev. Hamilton abordou os vários aspectos da ansiedade e explicou como identificá-la quando se torna um problema de saúde. Ele lembrou que algumas síndromes também podem ser desencadeadas com a ansiedade fora do controle e citou uma longa lista de situações, mas ressaltou a variedade de tratamentos efetivos que podem ajudar na cura.

O tema não é novo. Antes da pandemia, a Organização Mundial da Saúde (OMS) já tinha classificado o Brasil como o país mais ansioso do mundo com 9,3% da população afetada pela ansiedade. Esse valor é três vezes maior que a média mundial.

Na sequência, o Rev. Ricardo disse que a ansiedade pode estar ligada à maneira como interpretamos a nós mesmos, a vida e a Deus. Isso pode ser observado nos sintomas físicos, pensamentos intrusivos, medo e apreensão excessivos. “95% das doenças físicas podem começar de modo emocional”, afirmou.

O Rev. Ricardo analisou a importância da IPIB apoiar esta iniciativa de refletir sobre a ansiedade como doença física, e não como falta de fé. Mas também não deixou de lembrar o poder da fé e suas relações terapêuticas. “A ciência já prova com estudos que quando alguém ora parte do cérebro é ativada, liberando hormônios essenciais”, disse o Rev. Ricardo. O exercício da espiritualidade terapêutica é muito importante para vivenciar o cuidado e toda a providência de Deus. “Quem estiver sofrendo com a ansiedade não será menos crente se investir em terapia para cuidar da vida que Deus criou”, concluiu o pastor e psicólogo.

Na segunda live, realizada no dia 11/7/2020, o tema foi “Identidade e Autoconhecimento” e contou com a participação do Rev. Eugênio Sória Anunciação, ministro da Comunicação da IPIB, e Rev. Edson Augusto Rios, pastor da IPI de Dourados, MS. O bate-papo tratou das dificuldades causadas pela falta de autoconhecimento e como pode prejudicar os relacionamentos com Deus e o próximo. “Nossa identidade alienada de Deus provoca toda a bagunça que vemos. É só olhar para as redes sociais. As pessoas estão desconectadas e não percebem a existência do outro”, afirmou o Rev. Eugênio.

Essa alienação é alimentada pela religiosidade, pela terceirização da responsabilidade pela vida, e pela relação consumista e predadora. A atual pandemia é uma amostra do que acontece com o desequilíbrio e com a alienação da criação com Deus. O Rev. Edson trabalhou sobre as atitudes e ferramentas que ajudam no autoconhecimento. “Realizar testes vocacionais, de personalidade, de dons e similares ajudam a identificar as habilidades, os talentos, sua personalidade e temperamento.  E, quando nos conhecemos, podemos desenvolver melhor nossas capacidades”, compartilhou o Rev. Edson.

A intermediação do encontro foi feita pelo coordenador nacional da CNA, Presb. Ronaldo Dias Andrade. Nos encontros, também são dedicados canções e hinos de louvor a Deus que, desta vez, ficaram a cargo do Héres da Silva Campos, da IPI do Rio Acima, em Votorantim, SP.

Durante as lives, os participantes interagem com os convidados através das perguntas que são respondidas durante a transmissão ou posteriormente. Muitas manifestações parabenizando a iniciativa foram deixadas no chat de mensagens, inclusive do presidente da Assembleia Geral da IPIB, o Rev. João Luiz Furtado: “Parabéns à CNA pela iniciativa! É bom ver a igreja se movimentando, mesmo em tempos de pandemia”, disse o presidente.

Para assistir na íntegra e acompanhar as próximas lives é só acessar o canal “Dialogando com a CNA” no YouTube. Quem estiver inscrito no canal será avisado automaticamente.

Equipe atual da CNA: Laodiceia Cazella, Presb. Ronaldo Dias Andrade, Presb. Darli Alves de Souza, Kátia Vieira, Presb. Jairo Santos Cabral, Presbª Jacira Costa Silva, Presb. Paulo Roberto Balbinoe Juliana Pedroza de Aquino Andrade.

Equipe técnica: Rev. Eugênio Anunciação, Presb. Deivid Souza e Presb. Darli Alves de Souza.

Sheila Amorim, diaconisa da IPI de Cidade Patriarca, São Paulo, SP, editora da Revista Vida & Caminho e jornalista responsável por O Estandarte

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O ESTANDARTE