PROJETO SILOÉ

Missionária Bugra

Sofreu um AVC há mais de 2 anos, após um procedimento cirúrgico na cabeça. Ela passou por situações difíceis, em que os prognósticos não eram bons. No entanto, Deus operou maravilhas ao longo desses anos. Ela não falava, não andava, usava fraldas, se alimentava por sondas (inclusive quiseram tornar isso definitivo), mas deixou tudo isto para trás. E hoje se alimenta oralmente e até corta as carnes sozinha; ela não escrevia e voltou a escrever… Enfim, Deus fez tanto!

No início deste ano, ela foi indicada à vice-presidência do Projeto Siloé e aceitou, fazendo o coração de toda a equipe festejar. Foi um ato de fé, tanto da equipe quanto dela, confiando que ela logo estaria no campo missionário, novamente.

O ano de 2020 trouxe outros desafios no tratamento. Uma apneia tem prejudicado seu sono e seu desenvolvimento. As crises convulsivas têm ocorrido com menos frequência, mas ainda são um problema.

E a pandemia e o afastamento social trouxeram prejuízos. Entretanto, os profissionais que a atendem em fonoaudiologia e fisioterapia têm sido incansáveis e ela tem respondido positivamente ao tratamento. Ela fala em escrever um novo livro e até em pregar. Ou seja, voltou a sonhar!

Nossa família tem orado para que ela retome suas atividades no campo missionário no próximo ano. Temos orado por isso.

Missionários
Nídia Caldas Mafra (Bugra)
Pedidos de Oração
• Pela neta Thays que, com apenas 19 anos, assumiu os cuidados com a avó de forma linda e eficiente.
• Para que os recursos sejam suficientes para o tratamento da missionária a fim de que ela siga evoluindo.
• Em gratidão a Deus e aos irmãos, que têm contribuído financeiramente, e por todo o apoio, palavras de ânimo e orações.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O ESTANDARTE